Unidade 1: (Metrô Jd. São Paulo - Zona Norte):Av. Leôncio de Magalhães,395 - (11) 2548-0511
Unidade 2: (Metrô Santa Cruz- Zona Sul):Rua Loefgren, 1304 - CJ 42 - (11) 2548-0511 ou (11) 5084-1822
ATENDEMOS

PARTICULARES E CONVÊNIOS

Atendemos a inúmeros convênios e particulares, confira clicando no link abaixo.

CONVÊNIOS ATENDIDOS
TUDO QUE HÁ DE

MAIS MODERNO

Consultas,exames e cirurgias realizadas com o que há de mais moderno em oftalmologia.

Agende sua consulta
atendimento executado com

qualidade e respeito

Cuidamos da saúde dos seus olhos com carinho,dedicacao e qualidade

saiba MAIS

Diversos tipos de

CIRURGIAS OFTALMOLÓGICAS

Catarata.

A catarata é uma opacidade do cristalino (lente natural do olho). Para pessoas que têm catarata tem a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ou enevoada. Essa visão nublada pode tornar mais difíceis tarefas como ler, dirigir um carro ou interpretar a expressão das pessoas.

Miopia.

Miopia é o distúrbio visual que acarreta uma focalização da imagem antes desta chegar à retina. Uma pessoa míope consegue ver objetos próximos com nitidez, mas os distantes são visualizados como se estivessem embaçados (desfocados).

Hipermetropia.

A Hipermetropia é um erro de refração que faz com que a imagem seja focada atrás da Retina. Dessa forma, a capacidade refratária é alterada em relação aos olhos com visão normal. A hipermetropia causa dificuldade para enxergar objetos próximos e principalmente para leitura de textos.

ASTIGMATISMO.

O astigmatismo é uma doença ocular causada, na maioria das vezes, por irregularidade da córnea e o seu efeito é a distorção de imagem, pois os raios de luz não chegam ao mesmo ponto na retina.

cERATOCONE.

O Ceratocone é uma doença que afeta o formato e a espessura da córnea, provocando a percepção de imagens distorcidas A evolução do ceratocone é quase sempre progressiva com o aumento do astigmatismo e miopia e acentuada baixa de visão. O diagnóstico definitivo desta patologia é feito com base nas características clínicas e com exames objetivos como a tomografia e topografia de córnea.

PTERÍGIO.

O pterígio é um tecido carnoso que cresce sobre a córnea. Esta lesão pode manter-se pequena ou crescer até interferir com a visão. O pterígio não deve ser confundido com catarata, o pterígio é um problema externo ao olho ao contrário da catarata.

CALÁZIO.

O calázio, ou chalázeo, é provocado pela inflamação da pálpebra causada pela inflamação (granulomatosa crônica) de uma das glândulas que produzem material sebáceo (glândulas de Meibomius) localizadas nas pálpebras superior e inferior.
O calázio às vezes é confundido com um hordéolo, ou também chamado terçol, que também aparece como uma tumefação na pálpebra. O hordéolo é uma infecção de um folículo ciliar que causa um nódulo avermelhado e doloroso na borda palpebral.
O calázio é uma reação inflamatória ante uma obstrução da secreção sebácea pela glândula. Não é causado pela presença de bactérias, todavia a área afetada pode se tornar infectada por bactérias..

Estrabismo.

O estrabismo ocorre quando os olhos estão desalinhados (perda de paralelismo), ou seja, posicionados em direções diferentes. O desalinhamento pode ser constante ou aparecer em determinados momentos. Um dos olhos pode estar na posição correta, enquanto outro pode estar desviado para dentro, para fora, para cima ou para baixo.

Glaucoma.

No Glaucoma ocorre afecção do nervo óptico e envolve a perda de neurônios da retina responsáveis por enviar os impulsos nervosos ao cérebro. Infelizmente o Glaucoma é uma doença quase sem sintomas e silenciosa na fase inicial, e grande parte dos casos procuram o oftalmologista com um grau avançado da doença, levando à cegueira irreversível, produzindo assim grandes perdas individuais e sócio-econômicas, tornando a pessoa inapta para o trabalho e as atividades normais.

Agende suas consultas e exames Online.

Baixe o aplicativo do BoaConsulta ou acesse o site.